Apresentação

O LEUTEQ (Laboratório para Elaboração e Utilização de Tecnologias no Ensino de Químicafoi criado em 16 de março de 2015 com o objetivo de investigar o processo de construção do conhecimento a partir da incorporação das tecnologias digitais nas práticas pedagógicas. Em 2020 com o crescimento e desenvolvimento do Grupo de pesquisa, o LEUTEQ passou a ser denominado como Laboratório para Educação Ubíqua e Tecnológica no Ensino de Química.

  • Educação Ubíqua por considerar as necessidades de pensar e repensar os processos de ensino e aprendizagem da educação formal tradicional, para que ela seja holística. Investigamos estratégias para uma educação ubíqua (que pode ocorrer em quaisquer ocasiões, eventualidades, circunstâncias e contextos). A educação ubíqua é marcada pela espontaneidade, ou seja, parte de uma necessidade pessoal (ocasional), em que o indivíduo pode prontamente sanar uma curiosidade ou dúvida sobre qualquer informação, recorrendo a contatos pessoais e instantâneos para resolvê-la, criando um processo colaborativo de aprendizagem.
  • Tecnológica por desenvolver as pesquisas fazendo uso das tecnologias digitais, de modo que estas possam contribuir com o processo de ensino e aprendizagem e suas diversas nuances, propondo estratégias didáticas para a elaboração (produção) de aplicativos digitais e na utilização das tecnologias no ensino, fundamentando-as nas teorias da aprendizagem, sobretudo aquelas relacionadas com a Aprendizagem Tecnológica Ativa. 
  • Ensino de Química por investigar os aspectos relacionados com as diversas metodologias aplicadas no ensino das Ciências, em especial no ensino de Química, propondo estratégias didáticas, elaboração de materiais didáticos, novas metodologias e instrumentos de ensino para o processo de construção do conhecimento.

O Grupo vem desenvolvendo pesquisas relacionadas com:

  • Tecnologias no Ensino de Química: desenvolvendo pesquisas com o uso das TIC no Ensino de Química, elaboração e utilização de Recursos Didáticos Digitais.
  • Metodologias Ativas: desenvolvendo pesquisas relacionadas com o modelo da Aprendizagem Tecnológica Ativa.
  • Química Computacional: desenvolvendo pesquisas no âmbito da Química Teórica Computacional, estratégias para o Ensino de Quântica, Química Quântica Computacional na formação docente.
  • Estratégias didáticas no Ensino de Química: desenvolvendo pesquisas com uso de jogos educacionais, atividades experimentais, entre outros instrumentos para o Ensino de Química.